como tomar chlorella: capa

Você sabe como tomar Chlorella? Afinal, o que é isso? Trata-se de uma microalga encontrada em água doce e que possui tamanho microscópico, mas é muito poderosa para beneficiaro organismo de várias formas. Existem muitas razões para tomá-la, pois ela é um superalimento com diversas propriedades nutricionais.

Quer saber mais sobre a Chlorella? Continue lendo ou, simplesmente, assista ao vídeo que fizemos!

O que é Chlorella?

Antes de saber de fato como tomar Chlorella, vale entender um pouco mais sobre ela. A Chlorella ou Chlorella pyrenoidosa — seu nome científico —  é uma microalga verde unicelular de água doce, que conta com algumas características bem curiosas como seu tamanho mínimo de dois a oito mícrons de diâmetro.

Dentre seus constituintes nutritivos, um que se destaca é a clorofila. Essa microalga contém cerca de 10 vezes mais que a quantidade encontrada em outros vegetais. E não para por aí: ela é rica em outros nutrientes, como, por exemplo:

  • minerais;
  • vitaminas;
  • proteínas;
  • sais minerais;
  • aminoácidos essenciais.

Entendeu, agora, por que a Chlorella é considerada um superalimento?

Como tomar Chlorella?

Como qualquer alimento funcional, a Chlorella tem seus efeitos e benefícios percebidos após algum tempo de consumo, que pode variar de semanas a meses, dependendo da facilidade de assimilação de cada corpo.

Esse superalimento pode ser encontrado no mercado em cápsulas, tablets, pastilhas ou em pó, ou seja, o seu consumo varia bastante. A ingestão da Chlorella da Ocean Drop, por exemplo, é feita com o uso de quatro cápsulas (2 gramas) ao dia, podendo ser distribuída antes das suas duas principais refeições. 

Quais são as propriedades nutricionais da Chlorella?

Entre os principais constituintes encontrados na Chlorella que oferecem propriedades nutricionais estão:

Clorofila

A Chlorella é rica em proteínas, vitaminas e minerais. De acordo com um estudo publicado na PubMed, a suplementação diária com Chlorella pode reduzir a pressão alta, diminuir os níveis de colesterol sérico, acelerar a cicatrização de feridas e melhorar as funções imunológicas.

Proteínas

A grande concentração de proteínas de excelente qualidade na Chlorella traz uma série de benefícios à saúde. Em especial por causa do aminoácido essencial, triptofano, precursor de serotonina — conhecida por ser o hormônio da felicidade devido a ação no desenvolvimento físico e mental que gera bem-estar.

Fibras

A Chlorella apresenta fibras na sua composição que, além de beneficiarem o funcionamento intestinal, agem absorvendo as toxinas e eliminando-as nas fezes. Outra função seria de promover o crescimento de bactérias benéficas do intestino, como o lactobacillus.

Sais minerais

Cerca de 10% da microalga é composta por sais minerais, essenciais à saúde, como potássio, magnésio, cálcio, ferro, zinco, selênio, fósforo, importantes para as ações metabólicas do organismo.

Vitaminas

Um superalimento não poderia deixar de ter vitaminas em sua composição, né? Algumas presentes na microalga são: vitaminas E e C, vitamina K e complexo B (B1, B2, B6 e B12).



Quais são as razões para tomar Chlorella?

Agora que você já sabe como tomar Chlorella, veja cinco razões para introduzir esse superalimento na sua rotina de alimentação:

1. Ajuda na desintoxicação

Uma das principais razões para tomar Chlorella é o seu poder de ajudar na desintoxicação do corpo.

Um estudo da Researchgate nos mostra que a exposição frequente a vários metais pesados, como chumbo, urânio e mercúrio, acaba nos intoxicando sem nem nos darmos conta, uma vez que eles penetram no sistema nervoso central e nos ossos. 

Caso não haja desintoxicação, com o passar do tempo, essa concentração pode se tornar mais severa. O corpo por si só tem uma maneira de expulsar as substâncias indesejáveis com a ajuda de vários órgãos, mas, ainda assim, é preciso estimular essa capacidade natural.​

Ou seja, o consumo de Chlorella pode agir favorecendo a desintoxicação. Inclusive, um estudo publicado na Pubmed, realizado com homens coreanos e fumantes, mostrou que, em seis semanas de ingestão da suplementação de Chlorella, já foi possível notar como ela impactou positivamente nos danos oxidativos.

Quer saber mais sobre como ela é capaz de auxiliar na desintoxicação do seu corpo? Acesse este blog post que escrevemos sobre o assunto!

2. Contribui na recuperação de lesões e aceleração no processo de cicatrização

A Chlorella tem entre sua composição o famoso Fator de Crescimento Chlorella (FCC ou CGF), que é um composto conhecido por sua capacidade de regeneração e reparação no desenvolvimento celular. 

Ele contém altos níveis de ácido ribonucleico (RNA), ácidos nucleicos e ácido desoxirribonucleico (DNA), que, na verdade, são a matéria prima para a construção celular. Graças ao FCC é possível acelerar o processo de cicatrização, bem como a recuperação de lesões. 

Ele contribui com o processo de crescimento de crianças e adolescentes e, ainda, ajuda a retardar o envelhecimento. Essa é mais uma das interessantes razões para tomar Chlorella, pois se trata de um componente extremamente raro. Além disso, é o único alimento do mundo que contém o FCC.

3. Auxilia a fortalecer o sistema imunológico

O consumo dessa microalga pode fortalecer o sistema imunológico — foi o que concluiu um estudo desenvolvido na Yonsei University da Coreia do Sul

De acordo com o artigo, o uso diário de Chlorella foi responsável pelo aumento da atividade de células responsáveis pelo combate a tumores e infecções virais, como as NK (natural killer), um tipo de linfócito — célula de defesa do organismo.

4. Ajuda na prevenção do diabetes

O consumo de Chlorella tem efeito direto na ação da insulina, visto que aumenta a sensibilidade ao hormônio, facilitando o controle da glicemia. De acordo com uma matéria publicada no Journal of Medicine Food, consumir diariamente 8 gramas de Chlorella leva a uma diminuição das taxas de glicose no sangue. 

Outra curiosidade é em relação à visão que, devido à ação dos carotenóides, o consumo do alimento diminui o risco de perda de visão associada à diabetes.

5. Pode contribuir para o controle da hipertensão arterial

Um estudo clínico da University Medical College of Virginia relatou que a suplementação diária com Chlorella pode reduzir a pressão alta.

Um cuidado no consumo

Apesar das diversas razões para tomá-la, há algumas contraindicações. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) restringe o uso para gestantes, lactantes e crianças até 11 anos, mas esses grupos podem consumir com a prescrição de uma nutricionista ou médico.

Além desses grupos, existem ressalvas no consumo para pessoas alérgicas à fenilalanina e a frutos do mar. Caso queira conhecer mais sobre esse superalimento, veja todos os seus benefícios aqui!

Agora que você sabe como tomar Chlorella, vai implementá-la na sua alimentação? Acesse o site e conheça o nosso produto!