astaxantina: qual a melhor marca

A astaxantina faz parte do grupo dos carotenoides – os responsáveis pelos pigmentos presentes em frutas e vegetais, que também oferecem incríveis benefícios para a saúde humana!

Sintetizada principalmente pela espécie de microalgas Haematoccocus pluvialis e por fungos Phaffia rizoma, a astaxantina também é encontrada em animais, como camarões, lagostas, caranguejos e salmão.

Conhecida como o antioxidante mais poderoso do mundo, possui propriedades anti-inflamatórias, ajuda a promover saúde para a pele, fortalecimento do sistema imunológico e diminuição da fadiga mental.

Na hora da compra da astaxantina, diversas considerações devem ser levadas em conta. Você sabia?! São elas: fonte, concentração, método de extração, meio oleoso (relacionado com a absorção) e embalagem

Para ajudar você a avaliar tudo isso, fizemos este conteúdo! Ele facilitará o seu entendimento, oferecendo autonomia na hora da escolha. Fique ligado na leitura e descubra qual a melhor marca de astaxantina!  

1. Fontes de astaxantina

  • Microalgas Haematococcus pluvialis;
  • Levedura Phaffia rhodozyma;
  • Alguns peixes, como o salmão;
  • Maioria dos crustáceos e seus subprodutos.

Essas são as principais fontes naturais de astaxantina. No entanto, só as microalgas Haematococcus pluvialis e a levedura Phaffia rhodozyma são capazes de sintetizar o potente carotenoide

Os animais citados, como o salmão e a maioria dos crustáceos, são considerados fontes alimentícias de astaxantina apenas por consumirem ela na cadeia alimentar – e não por a produzirem no organismo, por exemplo.

No ambiente aquático, a Haematococcus pluvialis serve de alimento para zooplânctons e crustáceos. Por sua vez, eles são comidos por peixes, que acabam tendo cor avermelhada e tornam-se fontes do carotenoide também.

A fonte de astaxantina está diretamente relacionada com a qualidade e a segurança do produto para o consumo. Um dos motivos disso é o fato dela ser lipossolúvel, ou seja, dela se dissolver em gordura.

A gordura é justamente onde os metais pesados, substâncias prejudiciais à saúde, se acumulam. Portanto, a astaxantina proveniente do salmão, por exemplo, têm maior risco de sofrer contaminação e causar males.

Ainda, a astaxantina pode ser considerada vegana ou não dependendo de sua fonte. O produto extraído diretamente das microalgas Haematococcus pluvialis, levando em conta o resto da produção, pode ser até 100% vegetal.

2. Concentração

Não há uma recomendação nutricional estabelecida para a ingestão diária de astaxantina, no entanto, muitos estudos relatam resultados benéficos com o consumo médio de 4 mg ao dia.

De acordo com uma pesquisa, seria necessário comer em torno de 100 g de salmão selvagem, aquele pescado de maneira natural, para obter a média necessária recomendada. Infelizmente, no Brasil, há somente criações em cativeiro.

Tendo em vista essa informação, os suplementos alimentares são ótimas opções. Algumas marcas já vêm com as quantidades necessárias sugeridas em pesquisas para se obter os benefícios oferecidos pela astaxantina.

3. Método de extração

O método de extração para a obtenção de compostos de uma matéria-prima natural é essencial para a qualidade final do produto. A astaxantina é formada por diferentes ésteres – e o método tem que ser de qualidade para conseguir extrair todos. 

Outro ponto muito importante é avaliar a presença de resíduos no produto final. Eles costumam ser tóxicos para o consumo e dependem também do método de extração.

O método de extração CO2 supercrítico confere excelente qualidade.

Esse método de extração é seguro, inofensivo, não explosivo, não poluente e não tóxico. Ainda, apresenta baixas temperaturas que não prejudicam as propriedades químicas do extrato, conforme um estudo da UFRGS.

4. Meio oleoso (absorção)

O meio oleoso em que a astaxantina está interfere diretamente na sua absorção pelo organismo. Por isso, esse também é um dos fatores muito importantes para ficar atento na hora da compra! 

Como citado, esse carotenoide é lipossolúvel, sendo melhor absorvido em certos óleos. Ao avaliar um estudo publicado no Journal of the Science of Food and Agriculture e as principais marcas vendidas no mercado do Brasil, o azeite de oliva ficou como a melhor opção.

5. Embalagem

Um detalhe importante, que muitas vezes passa despercebido, é a embalagem. Você sabia que as embalagens de plástico que contêm BPA, isto é, bisfenol-A, podem ser prejudiciais à sua saúde?

Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia do Estado de São (SBEM-SP), o bisfenol A pode causar alterações nos hormônios da tireoide, liberação de insulina pelo pâncreas e proliferação das células de gordura.

O BPA pode migrar para os alimentos apenas com mudanças de temperatura. Fique atento e procure essa informação! Esse é mais um critério para você garantir a integridade e qualidade do suplemento.

Comparação entre as principais marcas de astaxantina

Para facilitar mais ainda, fizemos uma tabela com todas as questões abordadas no conteúdo (e outras) para comparar as principais marcas de astaxantina vendidas no mercado brasileiro. Confira abaixo:

Ficou interessado?

A Ocean Drop é a primeira empresa a trazer a Astaxantina 100% vegetal em cápsulas para o Brasil. Ela é extraída da alga sintetizadora Haematoccocus pluvialis, considerada a melhor fonte do carotenoide.

Quer conhecer mais sobre os benefícios? Acesse o blog post Astaxantina: Para que Serve esse Poderoso Antioxidante Vegano!

A astaxantina comercializada pela Ocean Drop é totalmente segura e produzida pela empresa Atacama Bionatural.

A biomassa da microalga é do Deserto do Atacama, no Chile, com água pura proveniente da Cordilheira dos Andes.

Você pode ter a dose ideal para o consumo, de 4 mg/dia, do antioxidante mais poderoso do mundo, para o consumo de dois meses, investindo apenas R$ 4,15 ao dia!

Nós também possuímos o selo eureciclo, que é um certificado de compensação ambiental com o propósito de transformar a cadeia de reciclagem no Brasil!

Nossos superalimentos são de extrema qualidade, certificados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, sem agrotóxicos e sem modificação genética.

Acesse a astaxantina da Ocean Drop aqui!

Ficou com dúvidas ou tem alguma sugestão? Deixe nos comentários, nossa equipe especializada estará disponível para ajudá-lo!

Continue acompanhando o nosso blog para ficar por dentro de mais dicas como essa! Temos vários conteúdos sobre saúde e bem estar disponíveis para a leitura!

Facebook Comments