Vitamina E: Para que Serve, Benefícios e Onde Encontrar

Vitamina E: Para que Serve, Benefícios e Onde Encontrar

Entre os principais benefícios da vitamina E estão o auxílio para o fortalecimento da imunidade, beleza e saúde da pele e dos cabelos, além da prevenção de doenças, incluindo o Alzheimer e as cardiovasculares.

Também conhecida como tocoferol, a vitamina E apresenta incrível ação antioxidante e interessantes propriedades anti-inflamatórias. 

A deficiência de vitamina E pode desencadear sérias complicações, como anemia hemolítica, falta de força e dor nos músculos, perda de coordenação motora e imunidade enfraquecida. Para conseguir obter os benefícios da vitamina E e ficar longe desses problemas, manter o consumo de fontes alimentares e/ou da suplementação é o ideal!

Ficou curioso(a)? Siga lendo e saiba mais!
Índice
  • O que é e para que serve a vitamina E?
  • O que a falta pode causar?
  • 5 benefícios da vitamina E
  • Onde encontrar?
  • Como tomar?
  • Qual é o melhor horário para tomar?
  • Quantidade recomendada de vitamina E
  • O que o excesso do consumo de vitamina E pode causar?

O que é e para que serve a vitamina E?

A vitamina E é lipossolúvel e essencial para o funcionamento do corpo. Por atuar como um poderoso antioxidante, sua principal função é prevenir danos celulares causados pelo extresse oxidativo – o excesso de radicais livres decorrentes de hábitos de vida inadequados. O nutriente ainda possui propriedades anti-inflamatórias e suas ações contribuem para:

  • fortalecer o  sistema imune;
  • melhorar a pele e o cabelo;
  • prevenir doenças, como as coronarianas e o Alzheimer.

O que a falta de vitamina E pode causar?

A deficiência de tocoferol resulta em sinais e sintomas no organismo, incluindo:

  • anemia hemolítica;
  • falta de força (atenia);
  • perda de massa muscular (atrofia);
  • dor nos músculos;
  • perda da coordenação dos movimentos (ataxia);
  • habilidades motoras atrasadas;
  • pálpebras caídas;
  • câimbras musculares;
  • imunidade baixa.

5 benefícios da vitamina E

Neste artigo, separamos os principais benefícios da vitamina E de acordo com as evidências científicas. Quer saber quais são eles? Veja abaixo:

1. Prevenção de Alzheimer

A doença de Alzheimer é a causa mais comum de demência na população idosa – e a ciência já relatou que a deficiência de vitamina E no corpo está fortemente associada a ela. Adicionalmente, quando os níveis de tocoferol estão adequados, as funções cognitivas tendem a ficar aumentadas.

Vitamina E para que serve: prevenção do Alzheimer

2. Pele saudável

Se você está procurando as melhores vitaminas para a pele, saiba que a vitamina E é essencial para aparência e saúde do órgão. “Mas quais os benefícios da vitamina E para a pele?” Por ser um potente antioxidante, o nutriente contribui contra os danos causados pelos raios UV e radicais livres, que causam o envelhecimento precoce.

Vitamina E para que serve: pele saudável

3. Aumento do crescimento do cabelo

Um estudo que avaliou a relação entre a vitamina E e o crescimento do cabelo, observou que o nutriente foi eficiente para oferecer benefícios em pessoas com queda dos fios. Acredita-se que o efeito da vitamina para queda de cabelo ocorreu devido à atividade antioxidante, no qual ajudou a reduzir fatores prejudiciais ao couro cabeludo associados à alopecia.

Vitamina E para que serve: aumento do crescimento do cabelo

4. Fortalecimento do sistema imunológico

O estudo que investigou o papel da vitamina E na imunidade relatou que os efeitos imunomoduladores do nutriente conferem proteção contra várias doenças infecciosas. Um dos motivos para vitamina E auxiliar na imunidade se dá devido ao nutriente contribuir com a proliferação de linfócitos, principais células de defesa do organismo.

Vitamina E para que serve: fortalecimento do sistema imunológico

5. Proteção contra doenças cardiovasculares

O estresse oxidativo e a inflamação podem contribuir para um aumento do risco de doenças cardiovasculares – e é aqui que a vitamina E tem papel importante.  Evidências científicas mostram uma associação inversa entre o consumo de vitamina E na dieta e a mortalidade coronariana em homens e mulheres.

Vitamina E para que serve: proteção contra doenças cardiovasculares

Onde encontrar vitamina E?

O tocoferol pode ser obtido através da alimentação, sendo encontrado, principalmente, em óleos vegetais e frutos secos. Ainda, pode ser consumido através de suplementos.

Quais os alimentos ricos em vitamina E?

  • Óleos de soja, girassol, milho, noz, semente de algodão, palma e gérmen de trigo;
  • sementes oleaginosas, como nozes, amêndoas, castanhas e girassol;
  • grãos inteiros, incluindo soja, milho e amendoim;
  • kiwi;
  • vegetais verde escuro, como espinafre e agrião.

Suplementos de vitamina E

Quem sofre da deficiência de vitamina E ou deseja obter os benefícios adicionais do nutriente, uma ótima opção é realizar o consumo de suplementos, que são encontrados em cápsulas – opção práticas e seguras.

Como tomar vitamina E?

Para tomar suplementos de vitamina E basta ingerir as cápsulas com um pouco de líquido e junto aos alimentos. Assim, a vitamina é absorvida com mais eficácia pelo organismo. É importante ressaltar que, assim com qualquer suplemento, o consumo do suplemento de vitamina E deve ser orientado por um profissional de saúde especializado.

QUAL É O MELHOR HORÁRIO PARA TOMAR Vitamina E?

Não existe um horário específico para consumir o suplemento de vitamina E. No entanto, o ideal é ingeri-lo durante uma refeição mais completa, como almoço ou jantar, para otimizar a absorção da vitamina.

Quantidade recomendada de vitamina E

De acordo com as Recomendações de Ingestão Dietética (DRIS), o consumo de vitamina E por faixa etária deve ser:

Faixa etária

EAR

RDA

0 a 6 meses

AI 4 mg

—-

7 a 12 meses

AI 5 mg

—-

1 a 3 anos

5 mg

6 mg

4 a 8 anos

6 mg

7 mg

9 a 13 anos

9 mg

11 mg

14 a 18 anos

12 mg

15 mg

Adultos > 18 anos

12 mg

15 mg

Gestantes 14 a 50 anos

12 mg

15 mg

Lactantes 14 a 18 anos

12 mg

19 mg

EAR (Estimated Average Requirement): necessidade média estimada; RDA (Recommended Dietary Allowances): quota dietética recomendada; AI (Adequate Intake): valor de consumo recomendável.

O que o excesso do consumo de vitamina E pode causar?

A vitamina E é solúvel em gordura, ou seja, nosso corpo armazena e usa conforme necessário. Quando em excesso, ela pode ocasionar:

  • fadiga;
  • distúrbios emocionais;
  • tromboflebite;
  • alteração dos níveis séricos de lipídios e lipoproteínas;
  • distúrbios gastrointestinais, como náuseas e diarreia;
  • picos hemorrágicos.

Atenção: alguns estudos indicam o aumento no risco de derrames cerebrais com doses superiores de vitamina E a 265 mg (ou 400UI) ao dia.

Gostou do conteúdo?

Agora você já sabe conhece os benefícios da vitamina E e outras importantes informações sobre o nutriente! Caso ainda tenha ficado com dúvidas, deixe nos comentários! Logo irei responder você!

Acesse aqui o site da Oh Minhas Vitaminas! e encontre a vitamina E por menos de 2 reais ao dia!
VOCÊ TAMBÉM PODE CONFERIR O PERFIL NO INSTAGRAM E FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES SEGUINDO @OHMINHASVITAMINAS_!

Siga acompanhando o Blog da Ocean Drop para ficar por dentro de mais artigos sobre saúde, bem-estar e qualidade de vida! Até a próxima!

Referências

Ficou com dúvida?

Tire suas dúvidas que iremos responder o mais rápido possível