Preocupar-se com a saúde é fundamental, mas ser humano é ter um momento de “fraqueza” de vez em quando e aproveitar aquela cervejinha para relaxar, um churrasco com os amigos, o clima de carnaval ou talvez a combinação de calor e álcool, que sempre pegam você desprevenido.

No entanto, é por essas e outras razões que acabamos intoxicando o nosso corpo. Agora, deixando as desculpas de lado, está na hora de pensar de forma prática: como evitar a ressaca no dia seguinte? Especialmente para quem não consome álcool regularmente, ela pode chegar com força.

A ressaca pode vir em um dia lindo de Sol e praia e impossibilitar você de sair da cama, não sendo nada agradável. Quem já passou por uma dor de cabeça forte e boca seca em decorrência dela sabe o que é sofrer de verdade. Para amenizar essa situação, listamos abaixo 6 maneiras de evitar a ressaca. Confira:

6 dicas valiosas sobre como evitar a ressaca

1. Hidrate-se antes, durante e depois do consumo de álcool

Álcool faz você perder muita água, o que resulta na desidratação do seu corpo. Isso é a principal razão por qual você acorda com tanta dor de cabeça.

Nossos corpos precisam de água para executar qualquer função, então, lembre-se de beber água suficiente, antes, durante e também depois da noite.

Dica: quando disponível, beba água de coco em vez de água pura. Essa recomendação é feita por 3 principais razões. Confira-as:

  • Possui grande quantidade de eletrólitos: essencial para seu corpo conseguir regular a sua hidratação;
  • Água de coco contém mais potássio do que a banana e esse nutriente é essencial para a sensação de bem-estar;
  • Entre um coco gelado e um copo de água, qual tem o melhor sabor? Vamos ser sinceros!

2. Faça um “pré-tox”

É preciso saber que o álcool esgota os nutrientes do seu corpo, incluindo vitaminas B1, B6, B12, ácido fólico, zinco e magnésio, entre outros. Isso faz com que você se sinta irritado, ansioso e cansado no dia seguinte.

Ingerir alimentos ricos em vitaminas e minerais antes de beber é uma boa estratégia para ajudar seu corpo a se recuperar da ressaca. Veja alguns exemplos:

  • Spirulina é uma explosão de vitamina B! Ela conta com todas as vitaminas do complexo B na sua composição, ou seja, B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9 e B12, além de uma rica variedade de minerais. Faça a ingestão de aproximadamente 1,6 g, equivalente a 4 cápsulas, antes de começar a noite e a mesma quantidade no dia seguinte para manter os níveis desses nutrientes essenciais em alta.
  • Consuma alimentos ricos em magnésio durante o dia, como, por exemplo, sementes de abóbora, girassol e gergelim, cacau e abacate;
  • Mamão, melancia e morangos também são fontes ricas de magnésio e também têm benefícios adicionais, como hidratação (melancia), efeito antioxidante (morangos) e enzimas digestivas (mamão). Nutrientes chaves para você estar bem no dia seguinte!

3. Prepare o seu estômago

Para quem ainda não sabe: evite consumir álcool com o estômago vazio! Muito do álcool é absorvido diretamente pelo revestimento do seu estômago e. por isso, você pode sentir o efeito tão rápido.

A diferença entre acordar sem problemas e acordar com uma cabeça pronta para explodir pode ser tão simples como uma refeição completa antes de beber.

Caso você não tenha tempo para comer antes de sair, ao menos coma um lanche com bastante proteína antes de ingerir uma gota sequer de bebida.

4. Evite café no mesmo dia que beber

Para algumas pessoas, essa pode ser a mais difícil da lista toda. Quando optar por tomar aquele cafezinho, não beba álcool durante as próximas 24 horas!

Por quê? É simples: quando você consome cafeína, o seu fígado trabalha para processá-la. E, se beber depois, ele não poderá processar o álcool, já que está processando “aquele” café expresso que você tomou

Além disso, cafeína desidrata o corpo, levando aos efeitos explicados anteriormente. Caso você não funcione sem cafeína, tente optar por chá verde, que contém uma concentração menor do que o café.

5. Proteja o seu fígado

Prepare-se para grandes festas ou períodos como carnaval com alimentos que sejam benéficos para o seu fígado, pois, invariavelmente, ele vai sofrer depois. Confira opções:

  • A Chlorella é uma aliada fortíssima do seu fígado, pois, além de auxiliar na eliminação de toxinas, como o álcool do corpo, ela também é uma das maiores fontes de clorofila, que, por sua vez, também possui boa concentração de magnésio, diminuindo os efeitos da ressaca;
  • Açafrão-da-terra, também conhecido por Cúrcuma, fresco ou seco, é muito benéfico para o fígado. Faça um chá ou adicione uma raiz fresca em um smoothie;
  • Apenas uma pequena quantidade de alho já consegue ativar as enzimas que estão presentes dentro do seu fígado e que ajudam a eliminar as toxinas do corpo.

6. Escolha bem o que ingerir

Algumas bebidas tendem a ter um efeito bem mais destruidor do seu bem estar no próximo dia do que outras, como aquelas que contêm doses elevadas de açúcar e aditivos, como colorantes e conservantes.

Esses componentes pesam muito no funcionamento do seu pâncreas e outros órgãos que atuam no processo de desintoxicação.

Mesmo se você gosta de bebidas doces, evite licores, bebidas preparadas e também a mistura de diferentes tipos, pois você se arrependerá no próximo dia.

Se você não consegue largar os coquetéis, tente controlar o que vai dentro do drink e opte por bebidas puras, como vodka e gin, junto com suco natural – sem ingredientes artificiais adicionais.

Bônus: protocolo de emergência

Aconteceu o impensável, mesmo depois de ter tomado nota de todas as dicas deste artigo, você largou todo bom senso que você – normalmente – tem e acabou se intoxicando.

Para salvar você de um dia de sofrência e improdutividade, siga as dicas do  protocolo de emergência especial que elaboramos:

  1. Durma o máximo possível até acordar naturalmente, a recuperação se intensifica com o descanso prolongado;
  2. Depois de acordar, saia da sua casa e pegue um pouco de ar e, se possível, faça uma caminhada leve. A luz do dia tem um efeito natural antidepressivo e vai te fazer muito bem;
  3. Caso more perto da praia ou tenha acesso a uma piscina, caminhe até lá e dê um mergulho. O oceano fresco faz milagres para quem se sente mal;
  4. Em vez de optar por um café de manhã gorduroso, escolha um iogurte natural para restabelecer o equilíbrio perdido na sua flora intestinal e combater sua náusea;
  5. Faça a ingestão de uma dose de Chlorella para auxiliar no processo de desintoxicação que o seu fígado está fazendo, já que estudos demonstram que a Chlorella pode auxiliar na eliminação de toxinas;
  6. E, por último: beba muito líquido!

Gostou das dicas?

Esperamos que este artigo tenha ajudado você a entender como evitar a ressaca, para que não passe mais o dia seguinte da ingestão de álcool sofrendo.

E lembre-se: no carnaval, em uma reunião com amigos ou uma noite de festa imprevista, seja o que for, beba com moderação!

Conteúdo escrito por Lucas Marder. Oceanógrafo com mais de 20 prêmios nacionais e internacionais envolvendo trabalhos inovadores com microalgas.