Certamente você já escutou falar em imunidade baixa ou até mesmo esteve nessa situação.

Esse termo é comumente usado tanto para explicar o porquê de alguém ficar doente com recorrência como de ter apenas um resfriado.

Mas de fato, o que acontece quando nossa imunidade baixa?

O corpo possui um sistema responsável por agir diretamente ao ataque de vírus, bactérias e outros microorganismos patogênicos – o sistema imunológico. 

Quando não nos alimentamos bem, nos encontramos muito estressados ou temos outros hábitos ruins, por exemplo, ele tende a enfraquecer e nos deixar mais suscetíveis a doenças e complicações.

Quer saber mais sobre o assunto? Fique ligado no blog post que escrevemos! Aqui você aprenderá mais sobre:

    • 8 sinais que o corpo dá quando a imunidade está baixa;
    • As possíveis causas da queda de imunidade;
    • 8 dicas para aumentar sua imunidade;
    • 8 alimentos que auxiliam no funcionamento do sistema imunológico.

8 sinais que o corpo dá quando a imunidade está baixa

A imunidade baixa pode resultar em complicações leves até casos mais sérios. De fato, tudo vai depender de como está o seu sistema imunológico – é ele quem dita a vulnerabilidade do corpo. Confira a seguir alguns dos sintomas para se atentar:

imunidade baixa: 8 sinais que o corpo dá

As possíveis causas da queda de imunidade

Como está o seu sono? Você tem se nutrido corretamente? Anda muito estressado? Essas são algumas das perguntas a se fazer para avaliar as possíveis causas da queda de imunidade. 

Além disso, fatores genéticos influenciam no sistema imunológico, assim como a idade – crianças e idosos tendem a ficar doentes com maior facilidade.

Algumas doenças, como desnutrição, AIDS, câncer, anemia e alcoolismo propiciam o enfraquecimento das células de defesa. Assim como variações hormonais típicas dos ciclos menstruais, da TPM e da gravidez.

O uso de tabaco e alguns medicamentos também são gatilho para a queda de imunidade. 

Ficou assustado? Calma, há diversas maneiras de manejar o controle. Continue a leitura!

8 dicas para aumentar sua imunidade

A boa notícia é, que assim como os hábitos de vida não saudáveis podem causar a queda de imunidade, eles também podem favorecer se estiverem adequados.

Confira as dicas para fortalecer o seu sistema imunológico e ajudar o seu corpo a ficar mais resistente aos problemas de saúde:

1. Durma bem

A privação de sono resulta na diminuição do número e função das células do sistema imune.  Portanto, 7 a 8 horas de descanso com qualidade são fundamentais para fortalecer a imunidade. Certo?

2. Perca o hábito de fumar

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o tabagismo é um inimigo das defesas do corpo e propicia aos fumantes uma chance maior de adoecer quando comparados aos não-fumantes. Opte por estar no grupo correto!

3. Evite consumir bebidas alcoólicas

O consumo de álcool em excesso tende a inibir a resposta imunológica do organismo, refletindo na baixa da imunidade e propiciando o surgimento de infecções, por exemplo. Restrinja o consumo!

4. Controle o estresse

Com o estresse constante, o corpo passa produzir os hormônios cortisol e adrenalina em grande quantidade, que atuam na inibição do sistema de defesa do organismo.

Respire fundo, solte a musculatura, pratique yôga ou qualquer atividade que deixe você mais relaxado!

5. Pratique atividades físicas de forma moderada

O excesso de exercício físico tende a causar a queda da imunidade, já que diminui os níveis de glutamina nos músculos, um aminoácido não essencial, que tem extrema importância para o sistema imunológico. Respeite o seu corpo!

6. Só use medicamentos quando realmente for necessário

Os antibióticos, por exemplo, não matam somente as bactérias que estão causando uma infecção, mas também aquelas que habitam naturalmente o organismo e ajudam a proteger o corpo contra invasores. Nada de automedicação!

7. Evite muita exposição ao Sol e sempre use proteção solar

Os raios ultravioleta (UV) causam dano ao DNA, o que leva a liberação de citocinas (moléculas envolvidas na resposta imune) e acarreta na baixa da imunidade.

Um estudo controlado por placebo, que avaliou os efeitos da astaxantina na deterioração da pele induzida por UV, relatou que ela é capaz de proteger contra os danos.

Ficou curioso? Conheça outros benefícios da astaxantina: o antioxidante mais poderoso do mundo!

8. Mantenha uma alimentação balanceada

Desde a antiguidade já se sabe que a nutrição é um fator importante na manutenção do estado de saúde e no bem estar dos indivíduos.

O seu sistema imunológico depende de uma série de reações desencadeadas por nutrientes específicos.

Veja a seguir alguns alimentos que podem ajudar a melhorar a imunidade.

Alimentos que auxiliam no funcionamento do sistema imunológico

Uma dieta pobre e incompleta pode não oferecer as vitaminas, minerais e aminoácidos necessários para a eficiência das células de defesa.

Separamos uma lista de alimentos para ajudar você a potencializar sua imunidade! Confira:

Frutas cítricas

Possuem grande quantidade de Vitamina C, que favorece a resistência e produção dos leucócitos no organismo. Além disso, contam com diversas propriedades anti-inflamatórias. São exemplos: abacaxi, limão, laranja e kiwi.

Alho

O alho de preferência deve ser consumido cru para aproveitar a substância ativa – alicina – da melhor forma. Ela apresenta propriedades anti-infecciosas e anti-inflamatórias.

Cebola

A cebola tem efeito probiótico, que ajuda a promover a multiplicação de bactérias benéficas no intestino, e, de quebra, favorece a imunidade. Isso ocorre pela presença de frutooligossacarídeos na composição.

Azeite, salmão, sardinha e DHA de algas

Esses alimentos contêm Ômega 6 e 3, que ajudam a regular as células imunológicas. O DHA de algas é uma alternativa vegana dessa “gordura boa” para incluir em sua alimentação. Conheça mais sobre o DHA!

Astaxantina

A astaxantina é um carotenóide vermelho extraído de uma rara microalga e é considerado uns dos antioxidantes mais potentes da natureza.

Um estudo realizado com mulheres demonstrou que a astaxantina melhorou a resposta imunológica do organismo. Ficou interessado? Veja outros benefícios da astaxantina!

Chlorella

A chlorella apresenta em sua composição vitaminas e minerais, que auxiliam no desempenho do corpo, e pode ser aliada para quem deseja a imunidade em alta.

Um estudo com indivíduos com idade média de 29 anos, que receberam suplementação diária de chlorella, demonstrou efeitos benéficos na resposta imune. Veja mais sobre outros benefícios da chlorella!

Cúrcuma

A cúrcuma é um rizoma originário da Ásia milenarmente conhecido por apresentar propriedades medicinais.

Em um estudo, que revisou as atividades biológicas da cúrcuma , sua grande variedade de benefícios foi demonstrada e, entre elas, estava o efeito imunoestimulante. Saiba como tomar a cúrcuma!

Gostou do conteúdo?

Quem necessita fortalecer o sistema imunológico pode seguir as recomendações contidas neste blog post.

As dicas servem não só para quem está com a imunidade baixa, mas também para quem deseja evitar doenças e possíveis complicações. 

Diversos hábitos, com destaque para os alimentares, refletem na saúde e no sistema imune.

É de extrema importância que você mantenha uma alimentação variada em vitaminas, minerais e aminoácidos para evitar o enfraquecimento de suas defesas.

Conheça mais sobre os superalimentos, eles contêm grande quantidade de nutrientes e podem ser aliados neste processo. 

Para mais artigos, acompanhe o blog!