Imunidade Baixa: Como Aumentar, Sintomas e Causas

Imunidade Baixa: Como Aumentar, Sintomas e Causas

Certamente você já escutou falar em imunidade baixa ou até mesmo esteve nessa situação. Esse termo é comumente usado tanto para explicar o porquê de alguém ficar doente com recorrência, como de ter apenas um resfriado. Mas, de fato, o que é imunidade baixa e o que acontece para a imunidade cair?

O corpo possui um sistema responsável por agir ao ataque de vírus, bactérias e outros microrganismos patogênicos – o sistema imunológico. Quando não nos alimentamos bem, estamos estressados ou temos outros hábitos ruins, ele enfraquece, nos deixando suscetíveis à doenças e complicações.

Por sua vez, as vacinas estimulam o organismo a se defender contra esses agentes prejudiciais, assim como bons hábitos, alimentos e suplementos ajudam a aumentar a imunidade. Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Então não deixe de continuar de olho na leitura do artigo!

Aqui você saberá tudo sobre:

  • O que é sistema imunológico;
  • Quais os sintomas de imunidade baixa?
  • O que faz a imunidade cair?
  • Como aumentar a imunidade de forma natural?
  • O que fazer quando a imunidade está baixa?
  • Qual vitamina para imunidade baixa? Conheça alimentos fontes

O que é o sistema imunológico?

A parte responsável pelos mecanismos de defesa do corpo é o que chamamos de sistema imunológico. Quem garante a barreira contra vírus, bactérias e fungos são milhões de células que trabalham a todo o momento. A ação delas faz com que possamos ficar protegidos contra várias doenças e complicações. 

Por isso, o sistema imune é tão importante. E, mais do que isso, é imprescindível conhecer e adotar hábitos saudáveis que auxiliam o “campo” de segurança do corpo. Mas, primeiro, é essencial que você reconheça os sinais e sintomas que aparecem quando ele está pedindo socorro. Veja mais no próximo tópico!

Quais os sintomas de imunidade baixa?

A imunidade baixa pode resultar em complicações leves e até em casos mais sérios. De fato, tudo vai depender de como está o seu sistema imunológico, já que é ele quem dita a vulnerabilidade do organismo. Confira a seguir alguns sintomas e sinais que o corpo dá quando a imunidade está baixa:

  1. Otite;
  2. Cansaço excessivo;
  3. Amidalite;
  4. Herpes;
  5. Problemas de pele;
  6. Infecção intestinal de repetição;
  7. Candidíase;
  8. Gripe insistente.
imunidade baixa: 8 sinais que o corpo dá

O que faz a imunidade cair?

Como anda a qualidade do seu sono? Você tem se nutrido corretamente? Tem se estressado? Essas são algumas importantes perguntas a se fazer para avaliar as possíveis causas que levam a imunidade baixar. 

Além disso, fatores genéticos influenciam diretamente no sistema imunológico, assim como a idade – crianças e idosos tendem a ficar doentes com maior facilidade. Ainda, algumas doenças, como desnutrição, AIDS, câncer, anemia e alcoolismo propiciam o enfraquecimento da atuação das células de defesa.

Variações hormonais típicas dos ciclos menstruais, da TPM e da gravidez são possíveis causas da queda de imunidade, assim como o uso de tabaco e alguns medicamentosFicou com medo? Calma, há diversas maneiras de reverter quadros de baixa imunidade e aumentar a imunidade. Siga a leitura para descobrir!

Captação – Immunity Guard

Como aumentar a imunidade de forma natural?

Basicamente, para aumentar a imunidade, é necessário manter um estilo de vida saudável. Além disso, você pode intensificar o consumo de alimentos ricos em vitaminas, minerais e aminoácidos que estimulam a produção das células de defesa. Veja os principais hábitos saudáveis:

O que fazer quando a imunidade está baixa?

A boa notícia é, que assim como os hábitos de vida não saudáveis podem baixar a imunidade, quando adequados, eles são capazes de fortalecer o sistema imunológico. Confira a seguir 9 dicas para aumentar a imunidade e ajudar o seu corpo a ficar mais resistente ao ataque de vírus, bactérias e fungos:

  1. Durma bem;
  2. Perca o hábito de fumar;
  3. Evite muita exposição ao Sol;
  4. Restrinja bebidas alcoólicas;
  5. Controle o estresse;
  6. Pratique atividades físicas moderadamente;
  7. Só use medicamentos quando realmente for necessário;
  8. Tenha sua carteira de vacinação em dia;
  9. Mantenha uma alimentação balanceada.

Deseja entender melhor? Abaixo você saberá porque todas essas dicas ajudam na baixa imunidade!

1. Durma bem

A privação de sono resulta na diminuição do número e da função das células do sistema imune. Portanto, 7 a 8 horas de descanso com qualidade por dia são fundamentais para evitar a imunidade baixa. Combinado?

2. Perca o hábito de fumar

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o tabagismo é inimigo das defesas do corpo e propicia aos fumantes uma chance maior de adoecer em comparação aos não-fumantes. Opte por estar no grupo certo!

3. Evite muita exposição ao Sol

Os raios ultravioleta (UV) causam danos ao DNA, levando a liberação de citocinas, que são moléculas envolvidas na resposta imune, e acarretam na baixa da imunidade.

4. Restrinja bebidas alcoólicas

A ingestão de álcool em excesso tende a inibir a resposta imunológica do organismo, refletindo na queda da imunidade e propiciando o surgimento de infecções e outras complicações. Portanto, restrinja o consumo!

5. Controle o estresse

Com o estresse constante, o corpo passa a produzir hormônios em grandes quantidades, como cortisol e adrenalina, que atuam na inibição das funções do sistema de defesa do organismo. 

6. Pratique atividades físicas moderadamente

O excesso de exercícios tende a causar a baixa da imunidade, já que diminui os níveis de glutamina dos músculos, um aminoácido não essencial, que tem extrema importância para o sistema imunológico.

7. Só use medicamentos quando realmente for necessário

Os antibióticos, por exemplo, não matam só as bactérias que causam infecções, mas também aquelas que habitam no organismo e ajudam a nos proteger contra invasores. Tome cuidado com o uso indiscriminado!

8. Tenha sua carteira de vacinação em dia

As vacinas são feitas com partículas ou com o agente inteiro que causa a enfermidade. Elas têm papel essencial no fortalecimento da imunidade, pois fazem com que o corpo se defenda por meio de anticorpos.

9. Mantenha uma alimentação balanceada

Desde a antiguidade já se sabe que a nutrição é um fator extremamente importante na manutenção do estado de saúde e do bem-estar dos indivíduos. O seu sistema imunológico depende de uma série de reações desencadeadas por nutrientes e compostos bioativos específicos.

Siga lendo e conheça alguns alimentos importantes para consumir na dieta e aumentar a imunidade!

Qual vitamina para imunidade baixa? Conheça alimentos fontes

Existem certos tipos de vitaminas, minerais e aminoácidos fundamentais para a formação das células do sistema imunológico. Então, se você está em busca de soluções sobre como aumentar a imunidade naturalmente, foque nos seguintes nutrientes: 

  • vitaminas A, C, D e E;
  • minerais selênio e zinco;
  • aminoácidos, como arginina e lisina.

1. Ricos em vitamina A

Os alimentos ricos em vitamina A são principalmente fígado, gema de ovo e óleos de peixes. Essa vitamina lipossolúvel atua como um potente antioxidante, neutralizando os radicais livres. É também essencial para o funcionamento da retina e para promover a formação dos pigmentos que tornam a visão noturna possível.

Além disso, é fundamental para o crescimento e manutenção dos tecidos que revestem a superfície do corpo e para tornar o sistema imunológico mais ativo, melhorando a resistência às infecções.

2.  Ricos em vitamina C

A vitamina C age como um antioxidante no organismo e também auxilia no funcionamento do sistema imune e na formação de colágeno. Ainda, contribui com a absorção de ferro dos alimentos, ajuda na regeneração da forma reduzida da vitamina E e atua no metabolismo energético e de proteínas e gorduras.

Abacaxi, laranja, limão e kiwi possuem grande quantidade de vitamina C, favorecendo a resistência e a produção dos leucócitos no corpo e contando muitas propriedades anti-inflamatórias.

3. Ricos em vitamina D

São usados no tratamento e na prevenção da deficiência de vitamina D e em casos de hipocalcemia. Essa vitamina age sobre os ossos, rins e intestino, regulando o metabolismo do cálcio. Também auxilia na saúde óssea e na imunidade, contribuindo com o menor risco de determinadas doenças autoimunes. 

Óleo de fígado de bacalhau, bife de fígado, gema de ovo e atum são alimentos ricos em vitamina D, que ajudam a tratar imunidade baixa. É importante ressaltar que essa vitamina também é obtida através do Sol.

4. Ricos em vitamina E

A vitamina E é mais uma das vitaminas que ajudam na baixa imunidade. Ela se encontra na classe das lipossolúveis, sendo essencial para a nutrição humana. Devido a sua ação antioxidante, ajuda a combater a formação de radicais livres e tem grande importância para o sistema imunológico.

Principalmente as oleaginosas são exemplos de alimentos ricos em vitamina E, incluindo pistache, amêndoa e castanha-do-Pará. O óleo de amêndoas também é uma boa opção para incluir na alimentação.

5. Ricos em selênio

O selênio é um potente antioxidante capaz de atuar como rejuvenescedor no corpo, sendo essencial para a manutenção da saúde. Possui ação imunoestimulante, auxiliando na proteção contra doenças cardíacas e circulatórias. Ainda, tem ação anti-inflamatória, o que faz dele útil à artrite e outras doenças autoimunes.

Entre os alimentos bons para aumentar a imunidade e ricos em selênio estão castanha-pará, farinha de trigo, frango, arroz, gema de ovo, carne bovina e clara de ovo, por exemplo.

6. Ricos em zinco

Uma das principais funções do zinco é a sua participação na síntese e degradação dos carboidratos, lipídeos e proteínas. Ainda, ele atua na manutenção do crescimento e desenvolvimento normal humano. Encontramos o zinco em alimentos, como ostras, camarão, carne de vaca, frango e peixe.

Além disso, o zinco age como estabilizador de estruturas de membranas e componentes celulares e na participação ativa da função imune e desenvolvimento cognitivo.

7. Ricos em aminoácidos

Arginina e lisina são aminoácidos que contribuem para reverter casos de imunidade baixa. A arginina auxilia no tratamento de doenças que afetam o sistema imunológico e na hipertensão arterial. É encontrada no chocolate, amendoim, nozes, gelatina e castanha de caju, por exemplo.

Já a lisina é um dos mais importantes aminoácidos, pois participa da formação dos anticorpos do sistema imune e é bastante efetiva no tratamento do vírus da herpes. É encontrada nas carnes, peixes, e ovos.

Esses foram 7 alimentos para incluir no cardápio e potencializar a imunidade! Uma dieta incompleta não oferece os nutrientes e compostos bioativos necessários para o trabalho das células de defesa.

Diversos estudos já foram realizados sobre as vitaminas, minerais e aminoácidos citados. Já imaginou encontrar todos reunidos em um único lugar?

Leia mais sobre o Melhor Suplemento para Imunidade – 9 Ingredientes Essenciais

Gostou das dicas para aumentar a imunidade baixa?

Você costuma ficar doente com facilidade? Se sim, está na hora de parar e repensar seus hábito e agora você já sabe como aumentar a imunidade do corpo e ter muito mais saúde!

Quem necessita fortalecer o sistema imunológico, pode seguir as recomendações contidas neste conteúdo! As dicas não servem apenas para quem está com a imunidade baixa, mas para quem deseja evitar doenças e possíveis complicações também. Ficou com dúvidas? Comente aqui e logo responderemos você!

Siga lendo sobre o assunto em: Conheça 10 Dicas de Como Fortalecer o Sistema Imunológico de Idosos! Para mais artigos, acompanhe o nosso Blog!

Referências

Ficou com dúvida?

Tire suas dúvidas que iremos responder o mais rápido possível