Melhor Suplemento para Imunidade – 9 Ingredientes Essenciais

Melhor Suplemento para Imunidade – 9 Ingredientes Essenciais

Para ser considerado o melhor suplemento para imunidade, é preciso que na formulação estejam contidas vitaminas, minerais, aminoácidos e ativos com benefícios para o fortalecimento do sistema imunológico. 

A principal função desse tipo de suplemento é evitar doenças e garantir mais qualidade de vida. Então, quer saber mais sobre o assunto? Siga lendo e descubra os melhores ingredientes para melhorar a imunidade!

Índice

  • O que é sistema imunológico?
  • Como reforçar o sistema imunológico?
  • Melhor suplemento para imunidade – O que deve conter?

O que é o sistema imunológico?

O sistema imunológico compreende diversas células, tecidos, moléculas e órgãos que atuam em conjunto para manter a defesa do organismo. Assim, ele age ao ataque de agentes, como vírus, bactérias e fungos, que entram em contato com as suas mais diferentes estruturas.

Para facilitar o entendimento, o sistema imunológico é dividido em dois: imunidade inata e imunidade adaptativa. A imunidade inata constitui a primeira defesa natural do organismo e se caracteriza pela rápida resposta. Quando o agente ataca, é a imunidade inata que visa neutralizá-lo e impedi-lo de entrar.

Já a imunidade adquirida é referente à linha de defesa específica que é obtida após o contato com os agentes, como através das vacinas, por exemplo. Também chamada de imunidade adaptativa, ela possui memória e arquiva as características dos patógenos para combater outros possíveis ataques.

Como reforçar o sistema imunológico?

Existem medidas de proteção que ajudam a melhorar o sistema imunológico, incluindo os suplementos para imunidade. Como todo sistema, ele depende de muitas variáveis para obter um bom funcionamento. É possível fortalecer a imunidade por meio da prática de alguns hábitos diários. Veja 9 dicas abaixo:

  1. Dormir bem;
  2. Não fumar;
  3. Evitar muita exposição ao Sol;
  4. Restringir bebidas alcoólicas;
  5. Controlar o estresse;
  6. Praticar atividades físicas de forma moderada;
  7. Só usar medicamentos quando realmente for necessário;
  8. Ter a carteira de vacinação em dia;
  9. Manter uma boa nutrição.

Gostou e deseja entender melhor as dicas? Para isso, acesse o conteúdo 8 Dicas para Aumentar a Imunidade Baixa Incluindo as Vacinas e leia a íntegra do artigo!

Melhor suplemento para imunidade - O que deve conter?

Como mencionado, na formulação do melhor suplemento para aumentar a imunidade, vitaminas, minerais, aminoácidos e ativos com benefícios para o fortalecimento do sistema imune devem estar presentes. Nesse contexto, vitamina A, C, D e E, além de selênio, zinco, arginina, lisina e metionina são ótimas opções. 

1. Vitamina A

Essa vitamina desempenha ação antioxidante e, por isso, tem a capacidade de combater os radicais livres – substâncias que, em excesso, causam o envelhecimento das células e trazem prejuízos ao organismo.

A vitamina A também é essencial para o desenvolvimento e manutenção dos tecidos que revestem a superfície do corpo e para tornar o sistema imunológico mais ativo, melhorando a resistência às infecções.

2. Vitamina C

Esse nutriente já é conhecido por ser um potente antioxidante e ajudar a fortalecer o sistema imunológico. Portanto, não é novidade que sua presença é fundamental no melhor suplemento para imunidade.

Além disso, a vitamina C auxilia na formação de colágeno, absorção de ferro dos alimentos, regeneração da forma reduzida de vitamina E e no metabolismo energético, de proteínas e gorduras.

3. Vitamina D

A vitamina D é uma das mais amadas das vitaminas, sendo alvo de diversos estudos. Ela têm um papel importante devido sua relação com o cálcio, interferindo diretamente no metabolismo ósseo.

Ela também é capaz de oferecer resultados positivos para imunidade e infecções de vias respiratórias. Inclusive, um estudo relatou que o nutriente torna a infecção e os sintomas de COVID-19 menos prováveis.

4. Vitamina E

A vitamina E também não deve faltar no melhor suplemento para a imunidade. Ela se encontra na classe das vitaminas lipossolúveis, sendo essencial para a nutrição e funcionalidade de todo o corpo humano.

Devido a sua ação antioxidante, ajuda a combater a formação dos radicais livres e tem grande importância para o sistema imunológico. A falta de vitamina E no corpo leva ao comprometimento da resposta imune.

Captação – Immunity Guard

5. Selênio

Um estudo publicado na revista Nutrients em 2018 demonstrou que a imunidade depende da ingestão adequada de selênio, principalmente por causa das selenoproteínas.

Esse mineral também auxilia na proteção contra doenças cardíacas e circulatórias e, além disso, o selênio tem ação anti-inflamatória, o que faz dele útil à artrite e outras doenças autoimunes.

6. Zinco

O zinco é conhecido por desempenhar um papel importante no sistema imunológico e os indivíduos com deficiência do mineral podem apresentar maior suscetibilidade a uma variedade de patógenos.

Além disso, entre as principais funções do zinco está a participação na síntese e degradação de carboidratos, lipídeos e proteínas. Ele também contribui com a melhora do desenvolvimento cognitivo.

7. Arginina

A arginina é um aminoácido produzido pela hidrólise ou digestão de proteínas. Ela auxilia no tratamento de doenças que afetam o sistema imunológico e na hipertensão arterial.

Estudos indicam que o fornecimento adequado de arginina é necessário para o desenvolvimento de linfócitos – células do sistema imunológico – e os anticorpos também necessitam dela para se proliferarem.

8. Lisina

Existem indícios de que a deficiência dietética de lisina limita a síntese de proteínas e a proliferação de linfócitos – que, como visto, são células do sistema imune – prejudicando assim, a resposta imunológica.

Além disso, a lisina é efetiva no tratamento do vírus da herpes, especialmente quando combinada com vitamina C, e ajuda a aumentar a imunidade em processo virais da gripe.

9. Metionina

Segundo pesquisas recentes, esse aminoácido essencial pode regular os processos metabólicos, o sistema imunológico inato e o funcionamento digestivo.

Também intervém no metabolismo de gorduras, na ativação de enzimas antioxidantes endógenas e na biossíntese de glutationa, tendo papel importante na neutralização do estresse oxidativo.  

Gostou do artigo?

Agora que você já conhece as vitaminas, minerais, aminoácidos e ativos que devem fazer parte de um suplemento para aumentar a imunidade, oferecendo mais qualidade de vida, deve estar se perguntando onde encontrar algum produto que contenha tudo isso!

Acesse e o site da Ocean Drop e conheça o Immunity Guard – um suplemento que irá auxiliar no fortalecimento da sua imunidade! 

Deixe seu comentário! Sua opinião é muito importante para continuarmos oferecendo conteúdos relevantes para nossos leitores, incluindo você. Qualquer dúvida ou sugestão é bem-vinda!

Para mais informações sobre saúde, nutrição e bem-estar, siga acompanhando o nosso blog e fique por dentro de todas as novidades. Toda a semana são publicados novos artigos! Até a próxima!

Referências

Ficou com dúvida?

Tire suas dúvidas que iremos responder o mais rápido possível