o que é spirulina

A spirulina é uma cianobactéria — também conhecida como “alga azul”. Ela apresenta grande diversidade e quantidade de nutrientes –  que seu corpo necessita diariamente.

Sem dúvidas, a característica mais atrativa da spirulina é a sua composição nutricional, que inclui aminoácidos, minerais, vitaminas, óleos essenciais e antioxidantes.

A spirulina tem sido utilizada como complemento alimentar para quem busca uma melhor qualidade de vida, para praticantes de exercícios físicos e também como auxiliar em dietas de emagrecimento.

Entre os principais benefícios da alga está a contribuição para a diminuição da fadiga física, fortalecimento da imunidade, prevenção de doenças e aumento da saciedade.

Mas, afinal, o que é a spirulina e para que ela serve? Neste blogpost iremos lhe explicar! Confira a seguir o vídeo abaixo para saber mais sobre o assunto:

O que é spirulina?

A spirulina é uma cianobactéria de cor azul esverdeada e, por isso, muitos a chamam de “spirulina azul”.

Sua tonalidade se dá devido à presença da ficocianina, um nutriente com cor azul intensa, e à presença de clorofila, que aporta a cor verde.

A spirulina está entre os suplementos que se destaca pela presença de proteína, principalmente por ser de origem vegetal

Mesmo sendo uma fonte tão interessante de nutrientes, a microalga não apresenta alto conteúdo de gorduras e calorias. Tem apenas 7% de gordura, que está na forma de ácidos graxos essenciais.

Como comentado, possui grande variedade de nutrientes, como vitaminas, minerais, aminoácidos essenciais e antioxidantes.

Dentre os nutrientes que se destacam está o teor excepcionalmente alto de vitamina B12, assim como bons teores de beta-caroteno, ferro, cálcio e fósforo, como relatou este estudo.

Para que serve a spirulina?

A spirulina  auxilia na produção das células vermelhas do sangue que transportam oxigênio (as hemoglobinas), no armazenamento de oxigênio pelos tecidos e também na formação de enzimas que atuam no processo de respiração celular.

A spirulina ajuda na proteção da ação dos raios ultravioletas e contribui para a saúde da pele. Tais benefícios podem ser justificados pela alta concentração de betacaroteno.

A “alga azul” contribui para a redução da fadiga mental e física, sendo interessante para o consumo de atletas.

Muitos motivos são apontados como responsáveis pelo enfraquecimento do sistema imunológico, tornando você suscetível a doenças.

Dentre os principais, podemos citar o estresse, sedentarismo, alcoolismo, poucas horas de sono e o consumo excessivo de açúcar.

Pela presença de vitamina E, a spirulina ajuda a fortalecer o sistema imunológico. Essa vitamina auxilia na produção de células de defesa. 

Rica em antioxidantes, contribui para evitar o envelhecimento precoce, o desenvolvimento de doenças. Ainda, ajuda a manter as células saudáveis e protegê-las da ação dos radicais livres.

Como tomar spirulina?

O consumo da spirulina pode ser feito através de cápsulas, pó ou comprimidos. Para consumir em pó, a dica é misturar em vitaminas, sopas, sucos ou iogurtes, tornando mais saboroso o consumo.

Se for optar pelas cápsulas, recomenda-se consumir 2 g, em torno de 4 cápsulas ao dia.

Para quem busca emagrecer, a melhor forma de consumir é ingerir antes das principais refeições, ou antes e depois de atividades físicas.

Ela ajuda a aumentar a sensação de saciedade, reduzir o apetite e dar mais disposição para praticar exercícios.

O indicado, no geral, é consumi-la meia hora antes das duas principais refeições do dia, para ter uma melhor absorção dos nutrientes.

Você também pode utilizar a criatividade e abrir as cápsulas para enriquecer alimentos e bebidas do dia-a-dia!

Que tal conferir duas receitas deliciosas com spirulina?

Receitas com spirulina

Para que seja mais fácil inserir a spirulina em seu dia a dia, uma boa ideia é combiná-la com suas principais refeições, como o café da manhã ou o jantar. 

Pensando nisso, trouxemos duas receitas para você consumir a spirulina com muito mais sabor. Confira a seguir:

1) Smoothie vegano com calda

Ingredientes para o smoothie:

  • 2 bananas congeladas pequenas;
  • 1/4 de xícara de abacaxi congelado picado;
  • 1/3 de xícara de coco fresco picado;
  • 1/4 de xícara de castanhas de caju cruas deixadas de molho, por no mínimo 4 horas;
  • 1 cápsula de Spirulina da Ocean Drop (abra a cápsula e utilize o pó);
  • 6 folhas de hortelã fresca (opcional);
  • Gotinhas de essência de baunilha.
Spirulina para que serve : smoothie
Rendimento: 2 porções   

Ingredientes para a calda:

  • 1 colher de sopa de cacau em pó;
  • 2 colheres de sopa rasas de melado de cana ou agave;
  • Gotinhas de baunilha;
  • Pitadinha de sal.

Como preparar?

  1. Em um pote pequeno, apenas misture os ingredientes da calda e reserve.
  2. Bata todos os ingredientes do smoothie no liquidificador com o mínimo de água possível (só o suficiente para não travar).
  3. Espalhe a calda no copo que for usar, despeje o smoothie por cima e finalize com mais calda.

2) Crepe de spirulina azul

Ingredientes para a massa:

  • 2 ovos;
  • 2 colheres de sopa de farinha de quinoa;
  • 4 cápsulas de Spirulina da Ocean Drop (abra as cápsulas e utilize o pó);
  • Manjericão.

Ingredientes para o recheio:

  • 100 g de cogumelos frescos;
  • 1/2 abobrinha;
  • 1/2 abacate;
  • Azeite;
  • Sal;
  • Pimenta caiena (opcional).
Ingredientes (para 2 crepes)

Como preparar a massa?

  1. Misture todos os ingredientes com um garfo e divida a massa em 2 porções iguais.
  2. Acenda o fogo, passe um fio de azeite na frigideira para a massa não grudar, espalhe bem uma das porções, até preencher bem a frigideira.
  3. O crepe deve ficar fininho. Quando conseguir descolar sem desmanchar, vire ao contrário e deixe cozinhar do outro lado por aproximadamente 1 min. Cuidado para não queimar, nem cozinhar demasiado.
  4. Quanto menos cozinhamos a comida, garantimos que ela preserve mais nutrientes. Por isso, lembre-se de cozinhar somente até o ponto que for necessário.
  5. Repita o processo para o segundo crepe e reserve os dois em um prato enquanto faz o recheio.

Como preparar o recheio?

  1. Lave bem os legumes.
  2. Corte os cogumelos em lâminas e a abobrinha em tirinhas.
  3. Salteie rapidamente em uma frigideira com um pouco de azeite e sal. Outra vez, sem cozinhar muito. Apenas queremos que apurem os sabores.
  4. À parte, corte o abacate em lâminas finas.

Para montar:

  1. Coloque o crepe na frigideira vazia e quente, ponha uma camada de abacate e outra de legumes, tempere a gosto com sal, pimenta caiena e azeite.
  2. Dobre ao meio e sirva com uma saladinha.

Gostou do conteúdo?

Acesse o site e inclua a spirulina em sua alimentação para aproveitar essas receitas com muito mais nutrição!

Para fechar estou deixando um presente para você que leu o blogpost até o final: um cupom de 15% de desconto na spirulina e em outros superalimentos no site da Ocean Drop!

Basta clicar neste link para acessar o site e aplicar o cupom “superblog” no checkout para economizar na compra.

Leia outros artigos em nosso blog e veja mais dicas para melhorar a sua saúde!

Conteúdo escrito por Thaylise Scotti. Nutricionista pela Universidade do Vale do Itajaí com foco em nutrição funcional, especialista em algas e microalgas. Inscrita no CRN10-4617.