óleo de babaçu: capa

O óleo de babaçu (Orbinya speciosa), também conhecido como óleo de cusi, tem origem vegetal. Devido seus incríveis benefícios para a saúde e aparência da pele, é utilizado como componente em cosméticos da área de beleza, principalmente.

Ele também pode ser aplicado puro ou misturado com outros óleos vegetais diretamente sobre o seu “cartão de visitas”. Seu cheiro é agradável, embora bem característico. Sua composição rica em ácido láurico e vitamina E é a responsável pelos efeitos percebidos a curto e a longo prazo.

A extração do óleo de babaçu é realizada das sementes da palmeira de coco babaçu, que produz os frutos dispostos em cachos. Essa palmeira é de grande porte, chegando até 30 m de altura, tem origem brasileira e é encontrada principalmente na região amazônica e mata atlântica do Estado da Bahia.

Mas e aí, ficou curioso(a) e quer saber mais sobre o óleo de babaçu e como ele pode contribuir com a sua pele? Então fique ligado na leitura do conteúdo que preparamos a respeito! Aqui você aprenderá tudo isso e muito mais! Veja só:

  • Composição do óleo de babaçu;
  • 6 benefícios do óleo de coco babaçu para a pele;
  • Cosméticos para pele com óleo de babaçu;
  • 3 outras aplicações do óleo de babaçu;
  • Óleo de coco x óleo de coco babaçu.

Composição do óleo de babaçu

Diversos ácidos graxos, como ácido láurico, ácido mirístico, ácido palmítico, ácido esteárico, ácido oleico, ácido linoléico, entre outros, encontram-se na composição do óleo de babaçu. 

O ácido láurico é o que aparece em maior quantidade. Ele apresenta propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias que ajudam a proteger a pele da contaminação de bactérias e fungos, por exemplo.

Um estudo que avaliou esse efeito em diferentes ácidos graxos, observou que o ácido láurico foi o melhor atuante como inibidor do crescimento de microrganismos entre os vinte estudados.

Além disso, o óleo de babaçu contém vitamina E. Esse nutriente atua como um potente antioxidante, sendo responsável por neutralizar a ação dos radicais livres – agentes que favorecem o envelhecimento da pele.

A vitamina E também é capaz de estimular a produção de colágeno, fundamental para manter a firmeza e integridade cutânea. Por isso, óleos que contém vitamina E ajudam a promover a cicatrização de feridas.

6 benefícios do óleo de babaçu para a pele

Agora que você já conheceu os componentes e algumas propriedades do óleo de babaçu, deve estar se perguntando sobre os seus benefícios. Na pele, ele desempenha efeitos emolientes, hidratantes, anti-acne, anti-aging, entre outros. Veja mais a seguir sobre cada um deles:

1. Emoliência

O óleo de babaçu pode ser utilizado para amaciar e suavizar todos os tipos pele, pois é um ótimo emoliente. Mesmo quem sofre com pele oleosa, não precisa ficar com receio de usá-lo, pois é absorvido rapidamente, sem aumentar a oleosidade.

2. Hidratação

O óleo de babaçu funciona como um hidratante para a pele, uma vez que é rico em vitamina E e ácidos graxos, que são dois excelentes agentes naturais para essa função. Isso significa que ele contribui para reter o teor de água da pele, mantendo-a macia e úmida.

3. Firmeza e integridade

Como mencionado, a firmeza e integridade da pele são proporcionadas pelo colágeno, já que ele tem importância fundamental na constituição da matriz do tecido conjuntivo. A vitamina E, presente composição do óleo de babaçu, é uma das responsáveis por estimular a produção da proteína.

4. Regeneração

Também pela presença de vitamina E, o óleo de babaçu auxilia no processo de regeneração celular. Dessa forma, ele contribui para acelerar a cicatrização da pele, útil para manchas de acne, rachaduras causadas pelo frio e até queimaduras e cortes superficiais.

5. Ação anti-acne

A acne é uma desordem de caráter inflamatório e o óleo de babaçu, com suas propriedades anti-inflamatórias, torna-se um grande aliado para os cuidados que visam a sua prevenção e controle. Inclusive, é indicado para amenizar a vermelhidão causado pelas espinhas.

6. Ação anti-aging

Por apresentar abundância de vitamina E na composição, a ação antioxidante do óleo de babaçu ajuda a combater os radicais livres. Essas substâncias, em grandes quantidades, aceleram o envelhecimento da pele. Por isso, ele desempenha efeito anti-aging.

Cosméticos com óleo de babaçu

Para que você possa se beneficiar dos efeitos do óleo de babaçu na pele, você pode adquiri-lo na versão pura e também através de produtos que o tenham como base ou parte da composição.

O óleo puro apresenta-se como gordura à temperatura ambiente. Por isso, sua textura varia em líquida ou sólida e sua cor em mais branca ou levemente amarelada.

Em cosméticos de beleza, o óleo de coco babaçu vem ganhando presença nos últimos tempos. Esse fato é extremamente justificável apenas com a leitura da sua lista de benefícios, não é verdade?!

No entanto, a fama também permanece entre os consumidores após o uso, que relatam que alguns dos seus efeitos podem ser percebidos mesmo a curto prazo. E você, já experimentou alguma versão do óleo? 

Conheça a Submarine, a linha de cuidados com a pele da Ocean Drop clicando aqui! Nosso Hidratante Facial Antioxidante contém óleo de babaçu! Abaixo você conhecerá mais sobre:



Hidratante Facial Antioxidante da Ocean Drop

A combinação entre óleo de coco babaçu, astaxantina nanoencapsulada e manteiga de cupuaçu age potencializando os efeitos do hidratante. Isso porque esses três compostos agem sinergicamente.

Você já sabe o que o óleo de babaçu é capaz de fazer em sua pele com os incríveis benefícios que oferece, incluindo emoliência, hidratação, firmeza, integridade, regeneração, ação anti-acne e anti-aging.

Agora você também conhecerá os benefícios dos outros dois ingredientes: a astaxantina nanoencapsulada e a manteiga de cupuaçu! Confira:

A astaxantina é descrita pela ciência como o antioxidante mais potente da natureza, mas também desempenha efeitos anti-inflamatórios, por exemplo.

Sua extração é feita de uma rara microalga, de nome científico Haematoccocus pluvialis. No formato nanoencapsulado é capaz de penetrar nas camadas mais profundas da pele.

Um estudo clínico realizado no Japão observou que o carotenoide contribui para a saúde da pele, reduzindo a perda de umidade e proporcionando melhorias na textura, como aspereza.

Além disso, outros estudos relataram que a astaxantina ajuda a manter a pele saudável por protegê-la da deterioração induzida pela radiação ultravioleta (UV) e pelos processos de envelhecimento.

Já a manteiga de cupuaçu apresenta alta capacidade de absorção de líquidos, cerca de duas vezes superior à lanolina, que é proveniente de origem animal, e também diminui a perda de água da pele.

É importante ressaltar que esse quesito vale para todos os outros compostos, que são 100% vegetal e cruelty free, ou seja, não são testados em animais e não prejudicam o meio ambiente.

submarine: hidratante facial antioxidante

3 outras aplicações do óleo de babaçu

Além dos benefício para a pele, o óleo de babaçu pode ser usado em casa para tratar os cabelos, fazer massagens e até como ingrediente ou substituto de outros óleos na cozinha. Você sabia?! Realmente muito versátil! Confira:

1. Tratamento capilar

Nos cabelos, o óleo de babaçu ajuda a repor a camada de lipídios danificada dos fios. Assim como na pele, ele oferece ação emoliente, conferindo um toque de maior maciez. Além disso, também contribui para controlar o frizz e para obtenção de um couro cabeludo mais saudável.

2. Massagem

O óleo de babaçu é um ótimo agente para massagem, pois proporciona nutrição para a pele e auxilia a desinflamá-la. Ele também ajuda no combate ao envelhecimento e, através de sua capacidade emoliente, confere toque macio e preservação da elasticidade natural.

3. Alimentação

O óleo de babaçu pode ser utilizado no preparo de diversas receitas ou, ainda, como substituto de algum óleo já presente na rotina alimentar. Dessa forma, tem a capacidade de auxiliar no cozimento de alimentos e temperos para saladas, por exemplo.

Óleo de coco x óleo de coco babaçu

O uso de óleos vegetais para cuidar da saúde e da beleza está sendo cada vez mais difundido. Isso acontece principalmente pelo aumento da porcentagem populacional de adeptos ao veganismo e de pessoas que preferem alternativas naturais para os mais diversos fins.

Mas, diante de tantas opções, fica a dúvida: é melhor utilizar o óleo de coco ou óleo de coco babaçu? A resposta para essa pergunta é que ambos produtos têm propriedades muito semelhantes, com poucas diferenças na composição e usos. No entanto, o óleo de babaçu contém mais ácido láurico.

Gostou do conteúdo?

Agora você já sabe todos os benefícios que o óleo de coco babaçu oferece para a sua pele. Além disso, conhece também as outras aplicações caseiras dele.

A Ocean Drop é a única empresa no Brasil especializada em superalimentos do mar à base de algas e microalgas.

Todo o nosso portfólio exclusivo é certificado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Além disso, é 100% vegetal, possui produtor reconhecido, não contém agrotóxicos e nem sofre modificação genética! Incrível, não é mesmo?!

Cada vez mais a rotina de skincare está se tornando uma prioridade, pois, além de saúde e proteção para a pele, o tempo reservado para si próprio é associado ao prazer imenso.

A Submarine é a nossa mais nova linha de cuidados com a pele com ativos dos oceanos. Se você ainda não a conhece, entre aqui e confira em nosso site já!

O óleo de babaçu, embora extraído de plantas, faz parte dos ingredientes do Hidratante Facial Antioxidante pelo seu maravilhoso potencial de compostos ativos.

Caso tenha ficado com dúvidas ou tenha sugestões, deixe nos comentários! Ficamos felizes com a sua contribuição e logo nossa equipe responsabilizada irá respondê-lo(a)!

Siga acompanhando o Blog da Ocean Drop para ficar por dentro de mais assuntos sobre nutrição, saúde, bem estar e qualidade de vida! Até a próxima!

Conteúdo escrito por Suelen Costa. Nutricionista graduada pela Universidade Federal de Pelotas e pós-graduanda em Nutrição Funcional.