regular o intestino: capa fosfiber

Você sabia que um dos motivos para regular o intestino está no fato dele ser considerado o segundo cérebro do corpo humano? Seu funcionamento tem ligação direta com o restante do organismo!

O órgão concentra a maior quantidade de serotonina, responsável pelas sensações de prazer e bem-estar. Tem se sentido irritado? Ansioso? Triste? A resposta pode estar no mau funcionamento do seu intestino!

Além disso, por si só, um intestino preso causa indisposição e prejuízos na rotina do dia a dia. A falta de ida ao banheiro pode causar desconforto e impedir que você realize certas atividades.

A maioria dos problemas intestinais estão ligados a hábitos inadequados, como falta de fibras na alimentação, consumo de certos alimentos, ingestão de pouca água e sedentarismo. 

Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Então continue ligado no artigo e descubra de uma vez por todas como regular o intestino com 5 incríveis dicas e outras informações importantes! Boa leitura!

5 dicas para regular o intestino

1. Prestar atenção em alimentos que podem estar deixando seu intestino lento

Cada corpo é único e, visto isso, alguns alimentos podem favorecer a constipação intestinal em determinadas pessoas. Goiaba, macarrão, queijo, batata, maçã, jabuticaba e banana são exemplos.

Outros produtos de fácil absorção, como os salgadinhos, não geram “restos no organismo” e, portanto, não sobra muito trabalho para o tubo digestivo, fazendo com que o intestino não seja estimulado.

2. Evitar o excesso do consumo de comidas industrializadas

Com nomes estranhos presentes na composição, não é novidade que os alimentos industrializados podem oferecer uma série de problemas para a saúde se consumidos com grande frequência.

Um dos malefícios desse tipo de alimento está na ausência de fibras na composição, já que tais elementos são fundamentais para manter o fluxo intestinal adequado, como você verá logo, logo.

3. Praticar exercícios físicos regularmente

A prática regular de atividade física é capaz de controlar o peso e atuar na prevenção de doenças. Mas você sabia que os exercícios também ajudam no bom funcionamento do intestino?

Isso ocorre porque eles proporcionam movimentação do trânsito intestinal, evitando a sensação de intestino “preso”, como também uma futura constipação de fato.

4. Consumir probióticos

Outro alimento, muito utilizado para regular o intestino, é o probiótico. Na verdade, muito mais que alimento, é um dos famosos alimentos/medicamentos, chamados de nutracêuticos.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os probióticos são microrganismos que, quando administrados em quantidades certas, oferecem benefícios à saúde por ajudar a regular a flora intestinal.

5. Tomar bastante água

A água representa cerca de 70% do peso de um adulto. Para saber a quantidade a ser ingerida é preciso multiplicar 35 ml pelo peso corporal em kg. Alguém com 45 kg pode tomar 1,5 litros por dia, por exemplo.

A hidratação é fundamental para que as fibras alimentares exerçam o seu papel no funcionamento do intestino e, portanto, na saúde intestinal, como você verá a seguir!

6. Ingerir fibras

Quando as fibras chegam ao intestino, absorvem água. Nesse momento, elas aumentam de tamanho, assim como a quantidade de bolo fecal, deixando as fezes mais macias, facilitando a evacuação.

Por esse motivo, aumentar o consumo de fibras é indicado para quem tem prisão de ventre. No próximo tópico você conhecerá o Fosfiber, um composto a base de fibras, ideal para ajudar a regular o intestino.

Composição do Fosfiber

Ágar-ágar, Spirulina, Tamarindo, Psyllium, Berinjela Liofilizada e Frutooligossacarídeos estão presentes na composição para você se sentir mais leve.

  • Ágar-ágar

O Ágar-Ágar, conhecido apenas por Ágar também, é extraído das algas marinhas vermelhas (Gracilaria confervoides L.), formado por uma combinação de agarose e agaropectina, dois tipos de fibras.

  • Spirulina

A Spirulina (Arthrospira platensis) é uma cianobactéria, também chamada de alga azul. Recebeu o título de “O Melhor Alimento para o Futuro” pela Organização Mundial da Saúde.

  • Tamarindo

De nome cietífico, Tamarindus indica L., essa fruta é originária na África, mas segundo pesquisas, é cultivado principalmente na Índia. Sua polpa apresenta vitamina A, C e E, fibras e minerais.

  • Psyllium

O Psyllium (Plantago ovata) apresenta em suas sementes, juntamente com as cascas delas, grande quantidade de fibra natural e, por isso, costuma ser muito utilizado na alimentação.

  • Berinjela liofilizada

A berinjela é um alimento rico em fibras que, quando atingem o intestino, formam um gel e ajudam o bolo fecal a transitar melhor, aprimorando o funcionamento intestinal.

  • Frutooligossacarídeos

Os frutooligossacarídeos (FOS) são açúcares não convencionais que o organismo humano não tem capacidade de metabolizar. São considerados prebióticos, pois favorecem o crescimento dos probióticos.

Benefícios do Fosfiber

Uma vida saudável depende de um intestino saudável. Por isso, o Fosfiber é um composto funcional que combina ingredientes do oceano e da terra para proporcionar regulação e aumento do fluxo intestinal. No entanto, esse composto de fibras pode fazer muito mais do que só te levar ao banheiro. Confira:

  • Regulação intestinal

A formulação é rica em fibras solúveis e, quando esses elementos atingem o intestino, formam um gel e ajudam o bolo fecal a transitar melhor, aprimorando o funcionamento do órgão.

  • Melhora da microbiota

As fibras prebióticas são a principal fonte de alimento para a microbiota intestinal. Mantê-la saudável tem a capacidade de otimizar a absorção de nutrientes e o desempenho do organismo no geral. 

  • Regulação de humor

Alterações intestinais podem ocasionar mudanças de humor ou comportamento, afetando o cérebro. Isso porque a maior parte da serotonina corporal, cerca de 95%, é produzida no trato gastrointestinal. 

Gostou do conteúdo?

Clique aqui e encontre o Fosfiber – A fibra que faz muito mais do que só te levar ao banheiro! Além da regulação intestinal, o suplemento à base de fibras é benéfico para a microbiota e para o humor!

Caso tenha ficado com dúvidas ou queira deixar uma sugestão, comente ao final do artigo! Ficamos felizes com a sua contribuição e logo nossa equipe responsabilizada irá respondê-lo(a)!

Siga acompanhando o Blog da Ocean Drop para ficar por dentro de mais assuntos sobre nutrição, bem-estar e saúde. Toda a semana produzimos conteúdos novos para deixar você informado. Até a próxima!

Referências