Como evitar espinhas? Conheça 10 dicas de ouro

Como evitar espinhas? Conheça 10 dicas de ouro

A acne não é um problema de pele enfrentado apenas por adolescentes. Nas duas últimas décadas, achados clínicos revelam que essa é uma doença de pele muito comum na população adulta também. A boa notícia é, que há como evitar espinhas por meio de práticas simples, além de existirem alguns suplementos para acne que também podem ajudar. Conheça 10 dicas de ouro para evitar espinhas neste artigo!

Índice
  • A acne é um problema que vai além da estética
  • 10 dicas de como evitar espinhas

A acne é um problema que vai além da estética

As doenças de pele são comumente consideradas triviais ou sem importância quando comparadas a outros tipos de doenças. Isso ocorre, possivelmente, porque os cuidados com a pele são erroneamente vistos como meros cuidados estéticos, quando, na verdade, vão muito além disso.

A acne vulgaris está entre as doenças de pele mais comuns do mundo, acometendo homens e mulheres entre 15 e 40 anos de idade. As causas da acne são multifatoriais e seus sintomas não comprometem apenas a aparência da pele, mas também a qualidade de vida. Por vezes, os seus impactos negativos são tão dramáticos quanto o de doenças graves, como artrite, diabetes ou dor crônica.

Um estudo que avaliou os impactos psicossociais da acne em mulheres adultas, verificou que a acne facial afetou negativamente a qualidade de vida das participantes de diversas maneiras. A acne foi associada a sintomas de depressão e/ou ansiedade, além de influenciar na capacidade de concentração no trabalho ou na escola.

Por essa razão, a acne ou qualquer outro problema de pele não deve ser considerado uma doença trivial em comparação a outras condições. A pele com acne merece todo cuidado e atenção. No próximo tópico, listamos 10 dicas de ouro para evitar espinhas.

10 dicas de como evitar espinhas

1. Limpe o rosto no máximo 2 vezes ao dia

Como a pele acneica é geralmente oleosa, muitas pessoas acreditam que, quanto mais limpa e seca ela estiver, melhor! Isso é um tremendo equívoco, pois a acne raramente é resultado de uma “pele suja”. É importante remover o excesso de sujeira e oleosidade sim, no entanto, lavar demais o rosto pode fazer com que a pele fique muito seca, estimulando mais ainda a produção de óleo. 

2. Use protetor solar específico para pele oleosa

O sol em excesso prejudica a pele de muitas maneiras, incluindo a superprodução de óleos que pioram a acne. Portanto, aplicar protetor solar no rosto todos os dias além de prevenir queimaduras e envelhecimento, também pode ajudar a evitar espinhas. Entretanto, o protetor solar escolhido deve ser adequado para peles oleosas. Hoje já existem muitas marcas que oferecem proteção solar apropriada para peles com tendência a acne.

3. Invista em cosméticos não comedogênicos

Gel de limpeza facial, hidratante para o rosto, protetor solar, primer, base, pó, sombra e blush – as mulheres colocam muitos cosméticos na pele todos os dias, não é mesmo? Para aquelas que têm a pele acneica, é fundamental optar por cosméticos não comedogênicos. Os produtos com essa característica têm uma textura mais leve ou ingredientes menos oleosos. Isso evita o entupimento dos poros, prevenindo o surgimento de espinhas.

4. Evite a esfoliação em excesso

Esfoliar a pele é ótimo para remover as células mortas e isso pode ajudar a melhorar a acne. No entanto, esfoliar demais pode piorar as erupções! Essa piora pode acontecer devido à remoção excessiva do óleo natural da pele que faz com que a pele tente compensar isso, produzindo ainda mais óleo. Esfolie com cuidado e sem excessos.

5. Cuide da sua saúde emocional

Sim – um estado emocional ruim pode fazer a acne piorar. O estresse e a ansiedade podem desencadear a acne por meio de vários mecanismos relacionados à inflamação. Um estudo que avaliou a relação entre o estresse e a gravidade da acne indicou que o aumento do estresse está fortemente relacionado ao aumento na severidade da acne. Os resultados foram estatisticamente significativos. Cuidar da sua saúde emocional pode ser tão importante quanto cuidar da pele quando o assunto é evitar espinhas.

6. Tenha uma alimentação rica em alimentos in natura

É indiscutível que uma alimentação saudável impacta positivamente na saúde – e isso inclui a pele. Dietas com alto índice glicêmico, ricas em farináceos, gordura saturada, alimentos ultraprocessados e açúcar podem exacerbar a acne, como mostram estudos. Um estudo realizado em indivíduos com acne severa, por exemplo, verificou uma dominância de um padrão alimentar com alto índice glicêmico e pobre em frutas e vegetais. Portanto, se você deseja evitar espinhas, priorize uma alimentação rica em alimentos naturais, como vegetais, peixes, sementes, cereais, oleaginosas e frutas.

7. Aposte na vitamina A

Certos micronutrientes têm um papel bem importante na saúde da pele, especialmente na prevenção da acne. A vitamina A é um deles! Um estudo observou que essa vitamina tem efeitos inibitórios sobre a atividade das glândulas sebáceas e sobre a secreção de sebo. Consequentemente, a vitamina A reduz o surgimento da acne, além de ter ação anti-inflamatória. Outro achado relevante é que a severidade da acne foi identificada nos participantes com baixos níveis de vitamina A no sangue. Esse estudo apontou que as lesões de acne podem ser melhoradas com a ingestão oral dessa vitamina.  

8. Aposte na vitamina E

A vitamina E é outra vitamina que parece ajudar no tratamento da acne. Um estudo que avaliou os níveis dessa vitamina em pacientes com acne grave verificou que eles apresentavam níveis significativamente mais baixos desse nutriente quando comparados com pacientes sem acne. A vitamina E também parece ter uma ação anti-inflamatória na pele, prevenindo e amenizando a inflamação causada pela acne.

9. Aposte no Zinco

Você sabia que cerca de 6% do zinco no corpo humano está localizado na pele? Isso já revela um pouco sobre a importância desse mineral para a saúde da derme. Um estudo observou que os níveis de zinco eram especialmente baixos em pacientes com acne severa. Desse modo, a inclusão do zinco no tratamento da acne severa poderia levar a resultados satisfatórios.

10. Aposte na levedura de cerveja

É isso mesmo! A Saccharomyces boulardii é uma forma específica de levedura também conhecida como levedura de cerveja. Em um estudo envolvendo 139 pacientes com várias formas de acne, a eficácia e a tolerância da suplementação dessa levedura foi estudada em comparação com um placebo por um período de cinco meses. Os resultados foram surpreendentes! Cerca de 80% dos pacientes que receberam a suplementação de levedura de cerveja tiveram a acne curada ou consideravelmente melhorada.

Conheça o Evitacne

Foi pensando em melhorar a pele das pessoas que sofrem com a acne que a Ocean Drop criou o Evitacne. O Smart Blend é uma mistura inteligente dos melhores ingredientes que atuam de forma sinérgica, combatendo a inflamação da pele e prevenindo o surgimento de espinhas.

Referências

Conteúdo escrito por Rafaela Galvão, publicitária pela ESPM-SUL e estudante do 6˚ semestre de nutrição na Unisul. Desenvolve projetos de comunicação e produção de conteúdo para a área da saúde desde 2016.

Ficou com dúvida?

Tire suas dúvidas que iremos responder o mais rápido possível