Quantos produtos de beleza você já comprou para dar a sua pele um ar mais jovem e sadio?
Um? Dois? Três? Vários?

Pois é, sem contar algumas receitas caseiras milagrosas que volta e meia aparecem para “tornar sua pele 10 anos mais jovem”!

Para uma pele verdadeiramente mais saudável não existe fórmula secreta, e sim um bom trabalho de prevenção, cuidado e reparação quando necessário.

A pele recebe um terço de toda a circulação sanguínea do corpo e uma nutrição balanceada é a etapa fundamental para obtermos controle sobre o funcionamento metabólico do nosso organismo, permitindo:

  • Proteger a pele contra efeitos das diferentes formas de estresse
  • Manter as células em pleno funcionamento com a redução ou eliminação de substâncias prejudiciais a elas
  • Renovar os tecidos de órgãos afetados por ataques oxidativos de radicais livres.

Neste artigo trataremos de 3 maneiras que a sua pele pode estar sendo afetada negativamente no dia-a-dia e como você pode agir para reduzir estes problemas através do consumo de alimentos altamente nutritivos como as microalgas Spirulina e Chlorella.

1. A poluição está desgastando a sua pele?

A pele pode absorver toxinas do ar da mesma maneira que absorve um creme de beleza.

Ela é formada por diferentes camadas de células que são desgastadas pelas toxinas, o que desorganiza o metabolismo e favorece a liberação de radicais livres que destroem o colágeno e as fibras elásticas, envelhecendo a pele.

Poluição do ar é ruim pela pele
Especialmente em cidades grandes existem altos níveis de poluição do ar.

Outro problema que pode acontecer é a obstrução dos poros da pele, canais por onde são eliminados a sujeira e o óleo excessivo, pelas toxinas do ar. Isso resulta em inflamações e espinhas na pele.

“Infelizmente a poluição faz parte do meu cotidiano, o que fazer então?”

Neste caso, não há muitas opções senão remediar o problema.

A alimentação rica em antioxidantes é fundamental para combater os radicais livres, uma vez que elas se conectam a essas substâncias nocivas e tiram o efeito das mesmas, o que chamamos de neutralização.

Um alimento que é uma ótima fonte de antioxidantes de modo geral é a Chlorella, especialmente em betacaroteno, um poderosíssimo antioxidante até 50X mais forte que a vitamina E na eliminação de radicais livres.tabela2.2A obstrução dos poros também pode ter seus efeitos reduzidos, não apenas pela limpeza regular da pele, mas também pelo consumo de alimentos que resultem na desintoxicação do organismo e que favoreçam o bom funcionamento metabólico. Assim são removidas as toxinas já acumuladas e evitando o acúmulo de novas toxinas no organismo.

A Chlorella, além de possuir em torno de 7% de clorofila, tem a capacidade de desintoxicar os metais pesados ​​e pesticidas do corpo, devido à composição de suas paredes celulares. Uma das camadas contém microfibras de celulose responsáveis pela ligação com poluentes dos mais danosos ao organismo e sua consequente eliminação.
A clorofila presente na Chlorella é um antioxidante típico das plantas, que age diretamente na limpeza e purificação do organismo.

A Spirulina por sua vez é muito rica em iodo, uma substância que estimula o metabolismo e acaba acelerando a eliminação das toxinas presentes nas células e no sangue.

2. Cuidado com o sol, ele pode maltratar sua pele

Embora muitas pessoas amem ficar debaixo do sol, seja pra pegar um bronzeado, praticar esportes ou adquirir a quantidade mínima necessária de luz para produção de vitamina D, é preciso compreender que o sol pode se tornar um vilão para a nossa pele.

Os raios solares que atingem nosso corpo podem causar lesões superficiais (queimaduras) ou profundas (câncer de pele, envelhecimento precoce) pelos mesmos motivos de oxidação das células devido à liberação de radicais livres. 

Isto é ainda mais preocupante devido ao fato de estes danos serem cumulativos, ou seja, não adianta largar mão dos cuidados hoje para pensar nisso futuramente, agora é a hora de começar a cuidar da sua pele!

“Entendi perfeitamente, mas eu amo sol e não vou me afastar dele,
como posso minimizar seus males então?”

Uma vez que é melhor prevenir do que remediar, o mais importante a fazer para proteger sua pele do envelhecimento pelo sol, é usar um bom protetor solar.

Complementarmente é importante beber muita água e selecionar uma dieta altamente nutritiva que evite a desidratação, como através do consumo de frutas, legumes e saladas.
Ou então Spirulina, que possui mais de 50 nutrientes diferentes, complementar a sua dieta. É tão completa que foi considerada pela Organização Mundial da Saúde como o alimento do milênio.

Melhor ainda se na mesma dieta incluir alimentos ricos em betacaroteno, vitaminas e outros antioxidantes. O betacaroteno é matéria-prima para o corpo produzir vitamina A, que auxilia a produção de melanina, o pigmento que confere o tom bronzeado à pele.
O próprio betacaroteno e outras substâncias como a vitamina C são potentes antioxidantes que combatem os radicais livres e protegem a pele. Esses nutrientes estão presentes em grandes quantidades na Chlorella, melhorando a resistência da pele, facilitando seu bronzeamento e estimulando a produção de colágeno, responsável pela elasticidade e aparência de jovialidade da pele.

3. Petiscar

Não é saudável deixar de se alimentar entre as principais refeições. Longos períodos sem ingestão de alimentos afetam diretamente a atividade metabólica de modo que favorecem o acúmulo de gorduras pelo organismo.

Mesmo assim, é fundamental alimentar-se de comidas que façam bem ou pelo menos que não sejam compostas por formulações que façam mal ao seu corpo e sua pele, como por exemplo açucares, gorduras e substâncias sintéticas.

“Essa é difícil, pois das opções que tenho, ou elas são saudáveis, ou são práticas! Como cuidar do meu corpo nessas condições?
healthy-snacking

De entrada é sempre bom cortar petiscos gordurosos ou doces, especialmente os industrializados, pois estes perturbam o equilíbrio da sua pele. O ideal é compensar com fruta e vegetais ricos em vitaminas, fibras e minerais para uma alimentação completa e nutritiva.

Uma boa opção também é a Spirulina que possui em sua composição mais de 60% de proteínas, todos os aminoácidos essenciais, além de vitaminas, fitonutrientes, minerais, óleos essenciais, ferro entre outras. Em resumo, uma excelente opção nutricional prática para estes intervalos entre a alimentação.

Além disso a Spirulina possui fenilalanina, um aminoácido que confere a sensação de saciedade nas pessoas, auxiliando a evitar aquela “boquinha” descontrolada no meio da tarde.

Além disso, há uma lista de outras dicas que você pode seguir para melhorar a qualidade da sua pele:

  • Beba bastante água
  • Durma o suficiente
  • Controle o stress
  • Faça exercício regularmente

Conclusão

A nutrição é mesmo um dos aspectos que mais influencia a saúde e a aparência da pele. Hoje em dia sabemos que a exposição da pele a diferentes situações de estresse provoca alterações negativas ou até mesmo doenças da pele.

O estresse e seus efeitos contra a pele podem ser combatidos nutricionalmente em três frentes: proteção dos tecidos saudáveis, remediação dos tecidos sob ataque oxidativo e renovação dos tecidos afetados.

Todos estes efeitos podem ser obtidos através de uma alimentação rica e balanceada, e o consumo de microalgas pode ser fundamental para se alcançar os melhores resultados de forma natural.

Gostou de conhecer os benefícios que as microalgas podem trazer para a sua pele?
Acrescente agora mesmo Spirulina e Chlorella na sua alimentação!