como evitar espinhas (capa)

A preocupação sobre como evitar espinhas no verão aumenta. Isso porque a exposição ao Sol costuma ser maior, assim como a oleosidade da pele, o suor e o uso de filtros inadequados, favorecendo o aparecimento da acne solar. Para algumas pessoas, espinhas são um incômodo constante durante o ano todo, mas é na estação mais quente que o combate ao aparecimento da acne precisa ser reforçado.

Realizar o skincare com o uso de sabonetes e outros produtos adequados, manter uma alimentação equilibrada e rica em ômega-3 e, ainda, utilizar probióticos, são boas estratégias. Siga lendo e saiba mais!

Índice

  • O que é acne;
  • 5 dicas sobre como evitar acne no verão.

O que é acne

Capaz de afetar a autoestima e o bem-estar de homens e mulheres, a acne é uma doença de pele que ocorre quando as glândulas secretoras de óleo (glândulas sebáceas) tornam-se inflamadas ou infectadas.

Isso gera entupimento dos poros, formando cravos, que podem romper-se, liberando o material e gerando espinhas na superfície. A acne pode se manifestar na puberdade ou fase adulta em diferentes locais do corpo.

A acne solar, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é provocada pela mistura da oleosidade aumentada na pele, sudorese, uso de filtro solar e a própria radiação do Sol e, por isso, recebe esse nome. 

5 dicas sobre como evitar acne no verão

1. Cuide da sua alimentação

Evitar e tratar acne de dentro para fora, isto é, através da alimentação e suplementação, é uma das maneiras mais eficazes. Um recente estudo mostrou que o ômega-3 e os probióticos destacam-se como os principais atuantes de sucesso no tratamento da desordem. 

Além de incluir na dieta peixes, oleaginosas, azeite e kefir, por exemplo, é preciso prestar atenção no que evitar na alimentação para não ter espinhas. Nesse caso, a ciência já relatou que o consumo de carboidratos de alto índice glicêmico e laticínios pode ser prejudicial.

Leia mais sobre no conteúdo: Alimentação e Acne: veja as evidências sobre essa relação

2. Utilize protetores solares oil-free

Independente da estação do ano, o uso de protetor solar é sempre recomendado. No entanto, no verão, a aplicação é mais comum devido a maior exposição ao Sol. Protetores que não são oil-free, ou seja, que não são isentos de óleo na composição, aumentam a oleosidade da pele e podem provocar espinhas e cravos.

Ainda, assim como outros produtos aplicados na pele, os filtros solares também devem ser removidos corretamente para evitar acne no rosto. Nesse sentido, o uso de sabonetes adequados para seu tipo de pele é muito importante. Sobre isso, você entenderá melhor na próxima dica de como evitar acne no verão.

3. Lave o rosto na frequência correta e os produtos adequados

Dando continuidade no assunto abordado anteriormente, a escolha de um sabonete para o rosto de acordo com o seu tipo de pele (oleosa, seca ou mista), é essencial para prevenir o aparecimento de espinhas. Isso porque o desbalanço da naturalidade da pele também pode provocar espinhas e cravos.

A frequência de aplicação também não pode ser excessiva. Por exemplo: se você lavar mais que 2 vezes ao dia, uma pele seca pode acabar ficando mais seca e, uma pele oleosa, pode passar a ser seca. Peles secas acabam produzindo óleo demais para tentar repor o que foi perdido nas limpezas demasiadas.

4. Utilize sprays com zinco

No verão não é recomendado aplicar ácidos sob a pele, como ácido salicílico, retinóico ou glicólico, muito utilizados para combater as espinhas. Eles são fotossensibilizantes e, por isso, acabam deixando a pele ainda mais sensível e vulnerável aos raios ultravioletas (UV), podendo provocar manchas ou até dermatites. 

No verão, uma boa substituição para ajudar no controle da acne é a utilização de sprays com zinco. Um estudo relatou que após quatro semanas de tratamento oral com o mineral, houve diminuição significativa no número de pápulas e pústulas dos pacientes. Aplicá-lo diretamente na pele também irá ajudar!

5. Não tome banho quente

Você está sofrendo de acne nas costas? A explicação pode estar no banho quente! Essa parte do corpo fica muito exposta durante esse momento, fazendo com que a pele fique ressecada. Como mencionado, assim, o órgão passa a produzir maior quantidade de sebo, facilitando então, o aparecimento de cravos e acne.

Embora a água quente possa dar a sensação de estar limpando a pele e tirando a “gordura” dela, na verdade, está favorecendo a oleosidade no órgão – e esse é o motivo que faz a pele ficar tão oleosa pouco tempo depois do banho. O ideal é usar água morna para lavar o corpo e fria para lavar o rosto.

Gostou do conteúdo?

Agora você já sabe o que fazer para evitar espinhas no verão! No entanto, não hesite em procurar um nutricionista e um dermatologista para auxiliar você no tratamento de acne no corpo.

Para continuar por dentro de assuntos sobre nutrição, saúde, bem-estar e qualidade de vida, siga acompanhando o Blog da Ocean Drop! Toda a semana são publicados novos conteúdos! Até a próxima!

Referências